Arte femini(ista)na

“A função do artista é violentar”.

Usei essa mesma frase, creditada ao Glauber Rocha, pra iniciar um post, em outro blog, sobre o Latuff, cartunista carioca que incomoda bastante gente, mas faz arte e crítica social de uma forma inigualável! Hoje, porém, uso essa mesma frase, para falar da “Nagahamburguer”, que violenta contra a violência, através de um traço muito particular e sororidade pra dar e distribuir! As mulheres da ‘Nega’ estão nuas… e cobertas de razão!

Evelyn Queiróz, o nome por trás da Negahamburguer, realiza um lindo trabalho denunciando situações diárias de opressão e preconceito, sofridos principalmente por mulheres (cis e trans), quebrando padrões físicos impostos, acolhendo àquelas que sofreram algum tipo de violência, e dando a elas voz e espaço, mesmo que através de um rosto de nanquim ou aquarela!

As personagens da ‘Nega’ dão voz a milhares de mulheres espalhadas pelo Brasil e pelo mundo, e exercem uma função muito importante no que diz respeito ao reconhecimento identitário na arte contemporânea, abarcando a grande diversidade de mulheres que temos! E é muito importante, também, perceber como a figura da mulher que faz arte, principalmente feminista, no Brasil, é importante: principalmente quando falamos de arte de rua, que infelizmente ainda é um meio com muito mais homens do que mulheres, mas que tende, agora, a sofrer uma mudança drástica, depois que a internet também contribuiu para tantas artistas mulheres no Brasil conseguirem se comunicar e, hoje, conseguirem criar eventos feministas de ilustração e grafite integrados, por exemplo. E é claro que a internet nada seria capaz de unir se não fosse a força e o talento de cada uma dessas artistas mulheres e feministas!

10371895_340916539389212_1255255528215594163_n

Recentemente a ‘Nega’ lançou um livro, “Beleza Real”, que foi todo produzido através do sistema de crowdfunding. Para compreender um pouco a obra e ver um pouquinho do trabalho pronto, é só conferir o vídeo abaixo:

Clique aqui para saber mais sobre a Negahamburguer!

Outras artistas igualmente talentosas e críticas:

Ana, só Ana.

Arte das mina

Zine XXX

Umbigo Sujo

Lovelove6

Xereca

Pendurado no firmamento

Carol Rossetti

Um dia ainda viro cartunista

Se toca, garota

* Para apoiar o livro “Mulheres nos quadrinhos”, clique aqui

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s